quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

05/02/2017 - 9ª Corrida Rústica Portonave - Navegantes / SC

Foto: Ana Paula Marcon
Corrida Rústica Portonave - Navegantes / SC 
Após três anos de ausência tive a oportunidade de voltar a participar da Corrida Rústica Portonave, realizada em Navegantes, localizada a cerca de 115 Km de Florianópolis. Nas últimas edições, por motivo de choque de datas com outros eventos, não foi possível estar presente.

No início do ano quase todas as provas aqui na região são realizadas em praias e essa não foi diferente. A vantagem nesse caso é o pós-prova quando os dias estão quentes. Dá para aproveitar um bom banho de mar para refrescar o corpo depois de uma prova literalmente suada.

A entrega do kit foi no Ginásio de esportes de Navegantes, na véspera da prova (sábado). Foi organizada uma pequena Expo para os atletas, com venda de produtos voltados aos corredores, como tênis, óculos, relógios com GPS, entre outros. Para a retirada do kit foi obrigatório a doação de uma lata/pacote de leite em pó (destinado a uma instituição). Para facilitar quem havia esquecido estavam vendendo também por lá o pacote de leite em pó por R$ 10.

Para aqueles que não puderam ir na véspera foi possível retirar somente o chip e o número do peito no dia da prova. Acabamos indo no sábado para poder retirar o nosso kit, do Enio e do Guilherme do Podcast "Por Falar em Corrida". Foi bem tranquilo, mas ainda sou a favor da entrega dos kits integrais no dia da prova também para aqueles que vão de outras cidades. Os atletas já tem o deslocamento por fazer e não acho justo ficarem sem o kit completo. Eu mesmo já deixei de participar de algumas por causa disso.

Essa prova cresceu bastante atingindo cerca de 1.500 inscritos, segundo a organização. Um dos principais destaques são as premiações em dinheiro que atraem muitos atletas de fora, inclusive de outros estados. Tem como opções as distâncias de 5 Km ou de 10 Km, com percurso todo pela areia da praia. Praticamente uma linha reta até metade das distâncias e retorno.

Nunca tinha conseguido desenvolver uma pace abaixo de 5 min/Km nessa prova e esse ficou sendo o meu objetivo. Para uma prova de 10 Km pode até parecer fácil, mas em areia a coisa complica um pouco.

Chegamos às 6:45 no dia da prova, com 1h15min de antecedência para a largada. Ainda estava tranquilo para estacionar. Aos poucos fomos encontrando muitos amigos da grande Florianópolis, sendo que a maioria foi e iria voltar no mesmo dia. Também encontrei com o amigo Neumann que iria correr descalço na areia. Quase me convenceu em correr assim também, mas preferi não arriscar, pois seriam 10 Km. Precisaria de um jeito de fixar o chip e não sabia como estaria a areia. Aquela coisa, nunca é bom testar pela primeira vez uma situação ou um produto em uma prova.

A largada aconteceu às 8 horas para os atletas dos 10 Km. Eu e a Aninha largamos também. Antes mesmo de sair eu já estava pingando de suor. Talvez por causa da umidade que registrou 100% no Garmin. Já estava com o pressentimento de que não seria fácil. Dez minutos depois foi a vez da largada dos atletas dos 5 Km, mas eu já não estava lá pra ver.

No início procurei correr bem rente ao mar onde a areia era mais dura. Lógico que a maioria teve a mesma ideia. O único inconveniente foi que às vezes o mar avançava de forma irregular e tínhamos duas opções: ou desviar fazendo uma voltinha maior ou enfiar o tênis na água e seguir em linha reta. Não pensei duas vezes e nem me incomodei com os tênis molhados.


Nos dois primeiros quilômetros ainda me sentia bem. Até imaginei que poderia fazer uma boa prova. Entretanto, já avançando pelo 3º Km, comecei a sentir um certo cansaço precoce e o rendimento começou a ficar prejudicado. Pensei no "espeto corrido" da véspera e nos 3 copos de suco de laranja que tinha tomado no café da manhã. Parece que estavam lá correndo comigo. Será ? Me sentia ainda meio pesado. Vontade enorme de caminhar.

O percurso não tinha muita variação. Era uma linha reta pela praia e retornava igualmente no sentido inverso. Aliás, acho que foi a prova mais "linha reta" que já fiz. Postos de hidratação foram importantes, pois estava muito quente. Eu contei três com água gelada pelo percurso dos 10 Km. Pelo primeiro ainda passei correndo, mas já alimentava a ideia de dar umas caminhadas. Resisti até um pouco depois do retorno, no 2º posto de hidratação. Nesse ponto cedi e começou aí a minha sequência de paradinhas para descanso e hidratação.

Enquanto me hidratava e caminhava só observava os amigos passando e seguindo em frente. Tentava voltar a correr, mas logo me cansava e ficava muito ofegante. Muito estranho, pois normalmente consigo suportar. Acho que não era dia. Nesse final, em pouco mais de 3 Km, foram umas 4 caminhadas rápidas. Só quando faltavam menos de 2 Km que consegui correr seguidamente, mesmo assim com extremo esforço.

O alívio veio quando avistei o portal de chegada. Sabia que essa prova era mais pesada, mas não esperava tanto. Pelo menos consegui chegar. O tempo líquido de 53min36s foi alto para os 10 Km, o maior de todas as minhas participações anteriores. Agora vou ter que voltar ano que vem para me redimir.

Na chegada recebemos a medalha e fomos encaminhados para a área de hidratação e alimentação. Demorei alguns minutos para me recuperar entre copos de água, frutas e Nitrix. Não tive forças e nem estava muito bem para ir buscar a Aninha. Quando pensei em ir vi que ela já tinha chegado.

Após uma breve recuperação fomos nos refrescar com um bom banho de mar. Aliás, alguns dos amigos, Fausto e família, Egomar, Lúcio, estavam por la aproveitando o belo dia de praia. Um detalhe é que o mar estava agitado e puxava forte. Todo cuidado era pouco, principalmente com as crianças.

Acompanhamos de longe a premiação, pois o sol estava intenso e tivemos que nos abrigar. A cerimônia demorou um pouco, pois teve premiações para gerais para as distâncias de 5 Km, 10 Km (com categorias por faixa etária também), para moradores de Navegantes, e colaboradores da Portonave, inclusive com premiações em dinheiro.

A corrida teve um grande crescimento desde a minha última vez por lá e as instalações de Navegantes à beira da praia também melhoraram muito, tornando-se um ambiente mais acolhedor. Com a organização por conta da Corre Brasil notou-se um impulsionamento no número de inscritos, com mais de 1.150 concluintes.

Percurso da prova (10,08 Km)


 Kit da prova. O tecido da camiseta poderia ser melhor.
Entrega do kit com Expo, no Ginásio de Esportes de Navegantes
Com as feras femininas: Aninha, Susi, Jocélia e Elenir
 Quantos Km, Neumann ? 
Algumas amigas Loucas por Corridas: Elza, Juliana, D. Eni, Josiê e a Aninha
 Alguns amigos de Floripa: Ademar, Analto, Cleto e Fausto do Confraria das Corridas
 Largando...
(Foto: César August) 
 Vontade de pular na água antes
(Foto: Alexandre Santiago - Foco Radical)
Esforço final na areia fofa da chegada
(Foto: Christian Schmidt Mendes - Foco Radical)
 Medalhas para os concluintes de 5 Km e 10 Km
  Merecido banho de mar pra comemorar
 Medalha sofridinha essa
  A parte boa da prova na praia.

Local: Praia de Navegantes - FLN//SC
Data: 05/02/2017
Horário: 8:00 Hs
Distância: 10 Km (10,08 Km) 

Inscrição: R$ 39,00 (Preço primeiro lote)
Kit: Sacolinha, camiseta, viseira, squeeze, barra de Supino Protein, revista Corre Brasil, chip descartável e número de peito.


Tempo: 53min36s
Pace: 5:19 min/Km

Colocação: 015 de 030 (45-49 anos)
Colocação: 175 de 321 (masculino)
Colocação: 193 de 433 (geral)

Nenhum comentário:

Postar um comentário