terça-feira, 3 de novembro de 2020

24/10/2020 - Treino Night Run Palhoça / SC

 Foto: Alexandre Carvalho - Foco Radical

Treino Night Run Palhoça / SC  


No último dia 24/10, depois de uns 8 meses sem participar de provas, tive a oportunidade de correr novamente pelas ruas, e em um treino com direito a organização e estrutura nos padrões semelhantes ao das corridas que estávamos acostumados a participar antes das restrições provocadas pela pandemia.

Fui convidado pelo amigo Jorge Hammes, organizador da Night Run Palhoça, para participar desse 1º treino restrito a pouco mais de 70 atletas, e que seguiria todo um novo protocolo de segurança para evitar transmissão da COVID-19. Eu e a Aninha topamos participar deste novo começo.

Antes de seguir para o local do treino já comecei a sentir aquela ansiedade pré-prova. Voltamos ao ritual para escolha da roupa e a conferência dos acessórios necessário para levar. Também estava naquela expectativa boa de rever os amigos que há tempos não encontrava, mesmo sabendo que teria que manter um certo distanciamento.   

Eu e a Aninha chegamos às 17:45 e toda a estrutura já estava montada junto ao Pátio Gastronômico Food Truck. Retiramos os nossos kits, composto por um copo, uma barra de proteína e o número de peito. Havia uma certa movimentação e aos poucos os amigos foram chegando. Todos animados pelo reencontro e utilizando máscaras. Bom que a área de concentração era bem espaçosa.

A distância de 5 km foi única para todos os atletas. Vários cuidados foram tomados para que se minimizasse o contato entre os atletas. As largadas foram divididas entre feminina, às 18:30, e masculina, às 19:30. Atrás do portal foram feitas marcas no asfalto para que os atletas se posicionassem em uma distância segura. Fico imaginando como seria possível isso em uma Corrida de São Silvestre.

Próximo do horário da primeira largada (feminina), a organização passou todas as orientações que os atletas deveriam cumprir durante o treino. Entre elas, manter o distanciamento na largada seguindo as marcações no asfalto, sair e chegar com a máscara cobrindo a boca e o nariz. Não valia no queixo. Eu só fiquei imaginando como seria a minha chegada usando máscara e naquele sprint final.

O clima estava agradável e bom para correr, fresquinho. O percurso se resumiu a duas grandes retas pela Av. Vidal Procópio Lohn e Av. Aleixo Alves de Souza, bem planas, formando uma grande letra "L". Ambas estavam com uma de suas pistas fechadas para que os atletas corressem em segurança.

Às 18:30 largaram as mulheres. Os homens só ficaram nos registros e na expectativa pela passagem delas. Ainda estava claro, mas foi escurecendo rapidamente e as fotos dos celulares já ficavam prejudicadas. Bom que pudemos contar com o pessoal da Foco Radical que estava presente fazendo os registros com equipamentos mais profissionais.

Depois de 20 minutos as mulheres começaram a chegar, todas usando as máscaras devidamente. Durante o percurso era permitido correr sem a máscara. A Aninha mesmo sem treinos mais fortes foi bem, completando o percurso em 26:44, ficando na 9ª colocação geral entre as mulheres.

Pontualmente às 19:30, depois das orientações gerais, foi a vez dos homens largarem. Deu para reviver aquele friozinho na barriga e aquela sensação pré-largada de uma prova, na expectativa da contagem regressiva para partirmos. Todos os atletas respeitando o seu "x" marcado no chão.

Logo após a saída já era permitido correr sem a máscara, e retirei a minha carregando-a na mão. Não gosto de deixar ela abaixada no queixo. Finalmente estava correndo na rua, depois de meses de quarentena. É bem diferente das corridas virtuais que corremos sozinhos. Correndo ao lado de outros atletas, a adrenalina e endorfina passam a agir e nos dão uma injeção de ânimo.

Como em toda largada acabei saindo mais forte que deveria, tentando não ficar muito para trás. Meu 1º km fechou com pace de 4:29 min/km. Fazia tempo que não corria nesse ritmo, pois como treino com máscara raramente consigo atingir o pace abaixo de 5:00 min/km. Com certeza correr sem a máscara melhora bem a capacidade respiratória e permite um melhor rendimento.

Comecei empolgado percorrendo primeiro a Av. Vidal Procópio Lohn até viramos à direita na Av. Aleixo Alves de Souza. Mais a frente retornamos na altura da Rua Janete Marilda de Souza, com cerca de 1,75 km percorridos. A partir desse retorno meu ritmo começou a cair e o 2º km já fechou em 4:48 min/km. Sentia o esforço mais forte do início.

No 3º km tive que reduzir mais um pouco, sentindo que estava correndo no meu limite. E logo após concluí-lo em 4:51 min, viramos à esquerda e acessamos novamente a grande reta da Av. Vidal Procópio Lohn. O 4º km pra mim sempre é o mais complicado e não foi diferente dessa vez. Foi o pace mais alto, 4:52 min/km.

No percurso, como previsto, não houve distribuição de hidratação, para evitar contatos. Por ser um treino noturno e ser em temperatura agradável não é tão crítico se hidratar após a conclusão dos 5 km. Eu particularmente não uso hidratação do percurso em provas nessa distância.

Com 4,2 quilômetros percorridos fizemos o retorno e voltamos pela mesma avenida, porém do lado oposto. Tentei acelerar e o ritmo melhorou um pouco. Estava brigando para não perder umas posições. Faltando 200 metros para a chegada coloquei a máscara no rosto novamente. Apanhei um pouco para colocá-la em movimento, mas deu certo. Tive ainda que controlar a respiração nessa parte final, mas não quis desacelerar. Cruzei o portal com o tempo líquido de 23min44s no limite da respiração. Logo em seguida tive que ir para uma área de escape pra poder respirar melhor, sem a máscara, e me recompor.

Em seguida fui retirar a medalha e pegar algumas frutas e copos de água para me hidratar. Tudo entregue diretamente pelo pessoal do staff com as devidas proteções. Na área do food truck, após a chegada do último atleta teve início a cerimônia de premiação, com troféus para os 3 primeiros colocados das categorias feminina e masculina.

No finalzinho foram feitos vários sorteios de brindes, principalmente de lanches do próprio Pátio Gastronômico. Eu não tive sorte, e nem a Aninha. Mas o amigo Renato ganhou uma deliciosa porção de batata com bacon no maçarico e com mais uns deliciosos espetinhos deu pra finalizar o pós-prova com um bom lanche noturno.

A organização e a ideia do treino preview Night Run Palhoça está de parabéns. Foi tomado todo cuidado para preservar a segurança dos atletas do início ao fim, tanto na logística como nas orientações, reforçadas à todo instante. O público limitado e consciente fez com que o treino tivesse êxito e nos proporcionasse novamente todo aquela sensação de participar das provas oficiais. 

Uma semana depois foi realizada uma pesquisa com os participantes e, segundo informação da organização, nenhum atleta contraiu ou teve COVID-19. Foi um bom exemplo de um novo começo. Só tenho a agradecer o convite da organização para participar e por nos proporcionar um treino bem agradável e seguro. 

Percurso da corrida (5 km ) 
Eu e a Aninha chegando para o treino. Estacionamento da FATENP liberado para os atletas.
Teve até kit para os atletas
Fazia tempo que não encontrava os amigos.
Correndo pela faixa fechada para os atletas
Chegando com a máscara
Primeira medalha presencial desde o início da pandemia
Medalha Night Run Palhoça
Pós-treino no Pátio Gastronômico Food Park

Local: Em frente à FATENP
Data: 24/10/2020
Horário: 07:30 hs
Distância: 5 km

Inscrição: R$ 30,00 
Kit: Copo, barra de proteína e número de peito.

Tempo: 23min44s
Pace: 4:44 min/km
Tênis: Saucony Kinvara

2020
Colocação: 22 de 38 (masculino)
Colocação: 24 de 69 (geral)

terça-feira, 27 de outubro de 2020

11/10/2020 - I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Terra

Foto: Ana Paula Marcon 

I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Terra


No último dia 11/10 aconteceu a 3ª das 4 etapas da I Corrida Virtual Elementos da Vida, promovida pela ACORSJ, Associação de Corredores de São José. Desse vez foi a Etapa Terra.

Como nas etapas anteriores me inscrevi na distância de 5 km com o kit VIP, que além da medalha continha uma camiseta e uma viseira. Na entrega do kit também aproveitei para pegar a base da mandala (R$ 40) que tinha encomendado, e que será composta pelas 4 medalhas referente a cada elemento da vida.

No dia da prova não acordei cedo e já era quase 11 horas da manhã quando comecei a minha corrida. Diferente das duas etapas anteriores, optei por correr sem máscara em um local mais isolado, na pista de atletismo, que fica junto a Fundação Municipal de Esporte e Lazer, na beira-mar de São José. Queria testar a diferença de correr com e sem máscara. 

A pista de atletismo tem aproximadamente 200 metros, o que daria cerca de 25 voltas. Esperei ficar sem ninguém por perto e lá fui eu tentar correr mais forte sem a máscara. Comecei bem, com um pace de 4:28 min/km. Geralmente esse primeiro quilômetro é mais fácil. Me animei e procurei não deixar cair muito o ritmo. O 2º km ficou em 4:39 min/km.

Percebi claramente a diferença de correr sem máscara a partir do 3º km. Com ela eu não conseguia correr abaixo de 5 min/km a essa altura. Dessa vez fechei paces de 4:42 e 4:44 min/km no 3º e 4º km. Não posso dizer que foi fácil, mas pelo simples fato de poder respirar na plenitude, sem nenhum obstáculo na boca e nariz, me permitiu manter esse ritmo melhor.

No último quilômetro já sabia que melhoraria o tempo final e me esforcei para não deixar o pace  aumentar. Duro mesmo estava sendo encarar as voltas pela pista. Que monotonia! Com muito sofrimento fechei os 5 km em 23min17s, que deu mais de um minuto de diferença das vezes que corri com a máscara. Realmente o desempenho é bem diferente e o tempo ficou próximo do que eu costumava fazer antes da pandemia. 

Fiquei contente em poder constatar essa diferença, pois estava meio decepcionado com o meu rendimento utilizando a máscara. Agora preciso testar para as distâncias maiores.

Só falta mais uma etapa da I Corrida Virtual Elementos da Vida para completar a mandala. Que venha a Etapa Fogo !!!

Percurso da corrida (5 km - 25 voltas) - 2020
Kit da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Terra
A Aninha me acompanhou
Pista de atletismo
Vamos lá !!!
Acelerando...
Certificado da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Elemento Terra

Local: Pista - Beira-mar de São José / SC
Data: 11/10/2020
Horário: 10:52 hs
Distância: 5 km

Inscrição: R$ 55,00 kit vip
Kit: Camiseta, viseira, medalha e número de peito digital.

Tempo: 23min17s
Pace: 4:39 min/km
Tênis: Asics Noosa Tri 10

2020
Colocação: 01 de 01 (50-54 anos)
Colocação: 05 de 14 (masculino)
Colocação: 05 de 26 (geral)

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

02/08/2020 - Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Ar

I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Ar


Dando sequência a I Corrida Virtual Elementos da Vida, no último dia 02/08, fiz a minha participação na Etapa Ar, a 2ª de um total de quatro etapas. 

Ainda sem treinos específicos e sem volume de rodagem optei por fazer os 5 km. Tinha opções também nas distâncias de 10 e 21 km, além das várias opções de kits de participação. Inclusive, para aqueles que perderam a 1ª etapa (Água), podia se inscrever também e obter a medalha para futuramente completar a mandala com os 4 elementos da vida. Novamente me inscrevi com o kit VIP, que continha uma camiseta, uma máscara e a medalha do elemento Ar.

Para os participantes da grande Florianópolis, a entrega dos kits foi no Centro Multiuso de São José. das 8 às 10 horas do domingo. Ainda no sistema drive-thru para evitar filas e aglomerações entre os participantes. Para atletas de outras regiões a alternativa foi envio dos kits pelos Correios, mediante pagamento do frete. 

No domingo, para evitar o horário com mais frequentadores na beira-mar de São José, fiz primeiro a minha corrida para depois ir retirar o kit e entregar o resultado. O bom é que para a distância de 5 km, em menos de 25 minutos concluímos. Fiz o mesmo percurso e nas mesmas condições da outra etapa para fazer um comparativo. O tempo estava mais fresquinho que da outra vez.

Antes das 8 horas iniciei a minha corrida. Estava mais ciente das dificuldades de correr com a máscara e tentei controlar melhor no início. O 1º km, com a máscara ainda seca e sem aquela necessidade de puxar o ar mais forte, foi o meu melhor pace, 4:44 min/km. Mas eu sabia que a dificuldade aumentaria, e logo no 2º km já senti limitação na respiração e tive que segurar um pouco. Pace de 4:58 min/km.

A partir do 3º km a máscara já estava molhada e grudando na boca, ficando cada vez mais difícil respirar. Enquanto corria tentei ajeitá-la para melhorar o fluxo da respiração, mas não adiantou muito. Optei então por não forçar mais e aliviar. Era muito sofrimento. O 3º e o 4º  km foram os piores. Pensei até em desistir tamanho o desespero para respirar. Mas só faltava 1 km.

Na parte final, faltando uns 500 metros, como estava sufocando e era em um trecho mais isolado abaixei a máscara e corri para terminar os 5 km. Não queria deixar pelo menos um sub-25. Até que ajudou e deu pra fechar o percurso em 24min28s.

A intenção inicial era baixar o tempo da etapa anterior, onde tinha feito os 5 km em 24min26s. Mas nem isso consegui. Como faz falta os treinos de tiros e como a utilização da máscara nos limita.  Pelo jeito, enquanto não voltarmos ao normal vai ser difícil correr em melhor ritmo.

Após descansar e voltar a normalidade, fui retirar o kit com a medalha e entregar o resultado no Centro Multiuso de São José. Por lá tinha o modelo da mandala com as quatro medalhas de todas as etapas. Muito bonita e já reservei a minha pra garantir.

Aguardarei as próximas etapas para tentar melhorar esse tempo e completar a mandala.

Percurso da corrida (5 km) - 2020
Retirada do Kit no Centro Multiuso de São José
 Retirada do kit - Drive Thru
Kit da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Ar
Preparação pra correr pela beira-mar de São José
Chegando pra entregar o resultado
 Medalha da Etapa Ar da Corrida Elementos da Vida.
Mandala com as quatro medalhas da Corrida Virtual Elementos da Vida 
Certificado da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Elemento Ar

Local: Beira-mar de São José / SC
Data: 02/08/2020
Horário: 7:43 hs
Distância: 5 km

Inscrição: R$ 45,00 kit vip
Kit: Camiseta, máscara, medalha e número de peito digital.

Tempo: 24min28s
Pace: 4:53 min/km
Tênis: Asics Noosa Tri 10

2020
Colocação: 01 de 02 (50-59 anos)
Colocação: 05 de 15 (masculino)
Colocação: 05 de 37 (geral)

segunda-feira, 15 de junho de 2020

07/06/2020 - I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Água

 Foto: Ana Paula Marcon
I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa Água
Para quem estava acostumado a participar de corridas quase todas as semanas por mais de 10 anos confesso que senti falta daquele ambiente todo que envolve as corridas de rua. Esse foi o período que fiquei mais tempo sem participar de uma prova oficial. A última corrida que fiz foi em 15/03/2020. Se passaram quase três meses sem aquele sensação e aquele ritual pré e pós-prova.

Para resgatar um pouco das lembranças nos eventos me inscrevi e participei da Corrida Virtual Elementos da Vida, promovida pela ACORSJ, Elemento Água. Serão ao todo quatro etapas com medalhas alusivas a cada elemento: águá, terra, fogo e ar. A ideia é que ao final as medalhas formarão uma mandala.

As inscrições foram disponibilizadas pela internet no site da Foco Radical. Havia opções de distâncias (5 km, 10 km e 21 km) e várias opções de kits de participação. Como não estava treinando para distâncias mais longas escolhi os 5 km e optei pelo kit VIP, R$ 50,00, que vinha com uma camiseta, uma bandana e a medalha do elemento água.

Para moradores da região teve entrega "drive thru" do kit no dia da corrida, no Centro Multiuso de São José. Para atletas de outras regiões tinha alternativa de envio dos kits pelos Correios, mediante pagamento do frete. Menos mal que moro pertinho. Um pouco antes de fazer a minha corrida fui lá retirar. Bem tranquilo.

O domingo parecia amanhecer frio, mas foi esquentando com a presença do sol. Como podia fazer a corrida ao longo do dia, não acordei muito cedo, mas fiz questão de seguir o ritual que sempre faço antes de sair.

Estava em dúvida se faria o percurso na pista de 200 metros dando cerca de 25 voltas, ou se correria os 5 km ao longo da beira-mar de São José mesmo. Se fizesse na pista e não tivesse ninguém por perto poderia correr sem a máscara. Porém, como não gosto de correr em várias voltas preferi correr ao longo da beira-mar, mesmo que com a máscara.

Fiz minha largada solitária, sem aquela tradicional buzina e adrenalina que antecede o início de uma prova. Não tinha muita noção de quanto conseguiria correr mais forte como antes e a ideia era completar o percurso pelo menos abaixo de 25 min. Esqueci do detalhe que estaria com a máscara, o que dificultaria um pouco a respiração, principalmente depois de uns 3 quilômetros.

Meu 1º km foi o melhor, mas muito longe do tempo que fazia quando estava em melhores condições, 4:49 min/km. Aquela agitação da largada com a galera faz diferença com certeza. O quilômetro seguinte foi o pior com pace beirando os 5 min/km. Lembrando que deveria me manter abaixo disso para um sub-25.

No 3º km já estava sentindo as pernas um pouco pesadas, talvez pelo treino do dia anterior, e a máscara já começava a dificultar a respiração. Não precisei levar hidratação, pois normalmente não utilizo em provas de 5 km.


O 4º km e 5º km foram os piores pra mim. A máscara de TNT que eu utilizava já grudava na boca e deixava minha respiração cada vez mais ofegante. Eu vinha controlando o pace e me desdobrava para não deixar subir dos 5 min/km. Foi sacrificante o último quilômetro e briguei pra fechar com 24min26s. Ao terminar tive até que tirar máscara e me isolar pra poder respirar melhor. Tempo bem mais alto que costumava a fazer nessa distância.

Ainda bem que a Aninha me acompanhou e fez os registros nas minhas passagens. Não gostei do tempo alto que fiz nesse retorno, mesmo que seja uma corrida virtual. Queria ter feito algo próximo de 23 min, mas diante da nova situação foi o que deu pra fazer.

Descansei um pouco e em seguida fui repassar o resultado para a ACORSJ para que eles pudessem fazer a classificação posterior para divulgação dos resultados. Tínhamos até o final do dia para fazer isso.

Foi uma experiência diferente e confesso que senti falta daquele agito com toda a galera na expectativa pré-prova e confraternização pós-prova. Além daqueles incentivos durante a corrida. Mas, por enquanto, é como podemos participar das corridas, sem aglomeração. De qualquer forma, deu pra relembrar um pouco das provas e correr com um pouco mais de motivação. Aguardaremos agora a próxima etapa.

Percurso da corrida (5 km) - 2020
 Retirada do kit - Drive Thru
  Kit da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Etapa água
Número de peito
 Nada fácil correr com máscara
 Levando o resultado da corrida
 Primeira medalha pós início da Quarentena
Com a Aninha e a medalha da Etapa Água
 Certificado da I Corrida Virtual Elementos da Vida - Elemento Água

Local: Beira-mar de São José / SC
Data: 07/06/2020
Horário: 9:33 hs
Distância: 5 km

Inscrição: R$ 50,00 kit vip
Kit: Camiseta, bandana, medalha e número de peito digital.

Tempo: 24min26s
Pace: 4:53 min/km
Tênis: Asics Noosa Tri 10

2020
Colocação: 01 de 01 (50-59 anos)
Colocação: 04 de 24 (masculino)
Colocação: 06 de 63 (geral)

terça-feira, 24 de março de 2020

15/03/2020 - Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis

Foto: Felipe da Cruz - Foco Radical
Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis

Resultados 5km e 10km
Fotos da Corrida FB (by Eduardo Hanada)

Por muitos anos tive vontade de participar de uma corrida do Circuito das Estações, porém Florianópolis nunca estava na rota desse evento, até este ano. Finalmente teria oportunidade de conhecer essa prova de perto e participar. Por pouco ela não teve que ser adiada devido as ações para tentar conter a COVID-19. Aconteceu com sucesso e foi a última corrida antes do isolamento social em Santa Catarina.

O preço da inscrição não foi das mais baratas. Fiz a minha por R$ 102,52 antecipadamente no mês de janeiro. A qualidade do kit acaba compensando, com uma útil sacola, uma linda camiseta e uma garrafa de vidro para água. Além disso tem toda a estrutura oferecida pela organização, que nessa oportunidade ficou por conta do grupo STC.

Fazia um certo tempo que não participava de uma corrida na Beira-mar Norte, pois a maioria delas passaram a ser realizadas no lado continental de Florianópolis, principalmente para essas provas de 5 km e 10 km. Gostei que o percurso dos 10 km não foi em duas voltas de 5 km, por isso eu e a Aninha optamos por fazer a distância de 10 km.

A entrega dos kits foi feita na Loja Decatlhon da SC-401, somente no sábado, véspera da prova. Evitando uma maior aglomeração de pessoas a distribuição foi feita na parte externa da loja. Bom que o dia ajudou. Eu e a Aninha retiramos os nossos próximo da hora do almoço e estava bem tranquilo e sem fila alguma. Bem rapidinho.

No dia da corrida procuramos chegar com pelo menos uma hora de antecedência no local da largada, em frente ao Trapiche da beira-mar Norte. Foi tranquilo para estacionar. A largada, programada inicialmente para às 7 horas, foi separada por distâncias. Os atletas dos 5 km saíram primeiro e depois os atletas dos 10 km, sendo que os homens largaram antes em relação as mulheres nas duas distâncias.

O dia estava bonito e ensolarado, mas por causa da prevenção contra a disseminação do novo corona vírus muitos atletas deixaram de ir. Por isso não estava tão cheio como era de se esperar nessas provas grandes. Mesmo assim teve um bom público que pôde desfrutar da excelente estrutura disponível: com vários painéis para fotos, banheiros químicos, tenda de massagens, guarda-volumes, venda de produtos esportivos e até distribuição da cerveja de baixa caloria Ultra.

Fiz um breve aquecimento durante uns 10 minutos, e logo depois das 7 horas, após assistir a largada dos atletas dos 5 km, fui me alinhar para a largada dos 10 km. Como os homens largaram separados das mulheres eu fiquei no pelotão mais a frente e a Aninha foi para o pelotão feminino, logo atrás.

Dada a largada, passei pelo portal às 7:15, partindo no sentido do Shopping Iguatemi pela beira-mar norte. Larguei leve, sem forçar muito. Não tivemos dificuldades com congestionamento, uma vez que as pistas da beira-mar eram bem largas e logo ficaram bem espaçadas. Deu pra fazer o meu ritmo.

Meu objetivo era voltar a fazer os 10 km abaixo de 48 min e o meu 1º km foi bom, com pace de 4:36 min/km, naquela empolgação inicial. Uma pena que atualmente não consigo mais mantê-lo, mesmo com um percurso plano. Já no 2º km o pace subiu para 4:53 min/km.

No trajeto de ida, sabendo que o calor aumentaria e o sol ficaria cada vez mais intenso, não corri no meu limite pra não sofrer depois, na volta. Correr com a temperatura muito alta não é muito a minha especialidade. Um detalhe que me chamou a atenção nos alertas do GPS é que as placas indicando a quilometragem estavam posicionadas bem certinhas. Fato bem raro de ser respeitado essa aferição. Ponto positivo para a organização.

Os próximos três quilômetros consegui manter o pace constante em 4:45 min/km. A cada posto de hidratação fui pegando um copo de água para molhar a boca e dar uma refrescada. Não dava pra recusar por causa do calor. Com cerca de 2,5 km os atletas dos 5 km voltaram e os atletas dos 10 km seguiram em frente. Melhor assim.

No retorno dos 10 km, próximo ao TITRI (Terminal de Integração da Trindade), bem no momento que fiz a volta conferi o GPS e cravou os 5 km. Gostei disso. Iniciei então o meu trajeto final, tentando manter o ritmo.


Apesar de não ter exagerado tanto no início e mesmo fazendo força o meu pace voltou a subir, ficando próximo de 5 min/km e foi assim até o final da prova. A respiração foi o maior limitante. As pernas aguentaram bem. Na volta, poderia ter feito aquele esforço de fim de prova, mas com medo de ter algum "treco" por causa do calor não quis arriscar. Passei até por um atleta caído no percurso recebendo atendimento médico. Melhor preservar a saúde.

Com o desgaste da prova já estava me contentando com um sub-50 mesmo. Ficaria de bom tamanho. Nem fiz questão de fazer aquele sprint final pra não chegar tão exausto. Cruzei a linha de chegada com o tempo líquido de 48min36s. Faltou um pouquinho para o meu objetivo. Se fosse com condições mais amenas conseguiria é provável que conseguiria. Vamos deixar para a próxima etapa. O importante é que a distância cravou nos 10 km.

Cheguei cansado, mas não tão exausto. Recebi a minha medalha, que em conjunto com mais três (das outras estações) fecha uma mandala. Essa foi a primeira. Me hidratei com uns oito copos entre isotônicos e água. Líquidos devidamente repostos. Não consegui comer nada, mas teve frutas também. Junto com o número de peito tinha um vale cerveja para trocar no pós-prova. Porém, antes, fui ver a chegada da Aninha, que completou os 10 km em 56min05s, ficando na 37ª colocação geral feminina.

Descansamos, assistimos a chegada de alguns amigos dos 10 km e depois fomos beber a nossa merecida cerveja pós-prova e brindar com os amigos. Teve até uma segunda rodada de cerveja liberada para o público presente. Muito bom. A cerimônia de premiação foi bem rápida, com a entrega dos troféus somente para os 3 primeiros colocados gerais nas duas distâncias e na categoria feminina e masculina. Não teve premiação por categoria de faixa etária.

Às 9 horas já estávamos todos liberados. E essa foi a nossa última prova antes do isolamento social em decorrência do avanço do corona vírus. Gostei muito do evento como um todo e atendeu plenamente as minhas expectativas quanto ao Circuito das Estações. Destaco a precisa aferição do percurso plano, ideal para bater RP (se não estiver muito quente), e o belo kit com uma linda camiseta, garrafa de vidro e sacola. Pós-prova muito bom, inclusive com cerveja de baixa caloria. Já estou ansioso para a próxima etapa, que deverá ser a etapa de inverno. 

Percurso Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis - 10 km
Kit do Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis
Eu e a Aninha na retirada dos kits na Loja Decatlhon da SC-401
 Largada feminina dos 10 km. Não achei a Aninha.

 Na ida pela Av. Beira-mar Norte.
Foto: Felipe da Cruz - Foco Radical
Passando pela roda gigante na volta.
Foto: CCJ - Foco Radical


Chegada. Tempo líquido: 48min36s
Foto: SRV - Foco Radical
Com a medalha e assistindo a chegada dos outros atletas
Alguns amigos presentes no Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis

Aninha e eu com as medalhas
Certificado do Circuito das Estações - Etapa Outono - Florianópolis

Local: Trapiche da Beira-mar Norte - Florianópolis/SC
Data: 15/03/2020
Horário: 7:00 h (7h14min)
Distância: 10 km (9,99 km)

Inscrição: R$ 102,52
Kit: Sacola, camiseta, garrafa de vidro e número de peito com chip descartável.

Tempo: 48min36s
Pace: 4:51 min/Km
Tênis: Saucony Kinvara 9

10 km
Colocação: 04 de 026 (50-54 anos)
Colocação: 69 de 273 (masculino)
Colocação: 75 de 433 (geral)

5 km
Total de concluintes: 613
Concluintes femininos: 356
Concluintes masculinos: 257