sábado, 16 de abril de 2022

03/04/2022 - Trail Run Praias - Etapa Barra da Lagoa

Foto: CCA - Foco Radical  
Trail Run Praias - Etapa Barra da Lagoa

Resultados 4km e 8km

Fotos da Corrida FB (by Eduardo Hanada)

Fazia tempo que não participava de uma corrida em trilhas mais fechadas. Não é muito a minha praia, mas como os amigos iriam participar e seria num local que fazia tempo que não ia, decidi participar, porém na distância mais curta. Essa prova faz parte do circuito Trail Run Praias, organizada pelo Zeca da Mais Sport Eventos Esportivo. O circuito aconteceu em várias praias de Florianópolis durante o ano.

A etapa Barra da Lagoa teve opções de distância de 4 km e 8 km, com percurso entre as praias e trilhas. Teve premiações, com troféus, para os campões gerais até a 5ª colocação, e para as categorias por faixa etária para os 3 primeiros colocados nas duas distâncias, no masculino e no feminino.  

O ponto de referência e de concentração foi em frente ao Restaurante Vereda Tropical na praia da Barra da Lagoa, onde também foram entregues os kits (somente número de peito e chip) até minutos antes da largada. Na véspera foram entregues os kits completos. Como fiz a minha inscrição sem o kit pude deixar pra retirar só no dia. da prova.

O horário da largada estava previsto para às 7 horas. Eu e Aninha chegamos cedo, por volta das 6 horas para retirar o número de peito e o chip. Estava garoando um pouco. O local é meio complicado de estacionamento, com poucas vagas do restaurante, e tivemos que deixar o carro a umas duas quadras do local da largada.

Com o retorno das provas presenciais e sem a obrigatoriedade da utilização de máscaras fomos mais para fazer um passeio pela Barra da Lagoa e rever os amigos das corridas. Inicialmente até pensei em arriscar fazer os 8 km, mas em se tratando de trilhas acabei optando mesmo pela menor distância  de 4 km.

O dia amanheceu bonito, apesar de uma garoazinha, e estava uma temperatura agradável para correr.  Porém, tinha perspectivas de chuva ao longo da manhã. O horário da largada atrasou uns 20 minutos por causa da finalização das entrega dos kits.

Primeiro largaram os atletas dos 4 km. Alguns minutos depois foi a vez dos 8 km. Saí no primeiro grupo pela areia mais fofa da praia da Barra e já fui buscando a areia mais dura para correr, próxima do mar. Corremos por cerca de 900 metros pela praia, até entrarmos à esquerda no início da trilha. O pace do 1º km até que gostei, ficando em 4:53 min/km, mesmo pela areia. 

Minha ideia era correr mais forte na areia dura e aliviar durante a trilha. Imaginava fazer um pace médio em torno de 5:15 min/km. Na primeira parte em areia mais dura foi até tranquilo correr abaixo desse pace, mas eu sabia que durante a trilha seria bem mais difícil manter o ritmo.

Apesar da trilha não ser de extrema dificuldade e irregularidades, o pace acabou subindo bem, pois em alguns trechos fiquei encaixotado atrás de alguns outros atletas. Os caminhos eram estreitos e dificultavam as ultrapassagens. Em alguns pontos a vegetação fica mais fechada com várias folhas pelo chão. Tínhamos que prestar atenção com algumas raízes para não tropeçar. Bom que o percurso é plano e foi curto, com cerca de 1 km. Mesmo assim, pra mim, demorou uma eternidade pela intensidade do esforço feito.

O alívio veio quando voltamos para a praia, chegando nas areais mais duras. Primeiro tive que recuperar um pouco o fôlego por causa da trilha. Nesse 2º km meu pace ficou em 5:57 min/km, devido às próprias irregularidades da trilha e o tempo perdido encaixotado, sem conseguir fazer ultrapassagens. Na distância de 4 km não teve posto de hidratação.

Essa parte final tinha aproximadamente 1,7 km até a chegada. A essa altura, areia dura fica um tapete plano para mim. Consegui recuperar algumas posições e passar alguns atletas que não conseguia durante às trilhas estreitas. De qualquer forma, o esforço continuava sendo grande. O 3º km voltou a melhorar e fechou com 4:56 min/km.

O portal de chegada foi no acesso ao restaurante Vereda Tropical. À medida que íamos chegando era registrado a nossa passagem. Dentro das estruturas do restaurante tinha água e frutas (melancia e banana). Só depois que cheguei consegui me hidratar com alguns copos de água. Para retirar a medalha tínhamos que devolver o chip retornável. Dei uma conferida no Garmin e meu tempo líquido ficou em 19min17, mas a distância registrada foi somente de 3,69 km. 

Após me recuperar e me hidratar fui encontrar a Aninha e assistir a chegada dos amigos que faziam a distância de 8 km. Nesse momento começou à chover mais forte, mas conseguimos nos abrigar. Depois todos foram para dentro do restaurante para a cerimônia de premiação. Bom que o restaurante tem uma boa estrutura e espaço.

O resultado demorou um pouco para sair. Enquanto isso fomos matando as saudades e batendo um papo com os amigos presentes. Após a divulgação do resultado fui verificar o meu desempenho. Fiquei na 4ª colocação na faixa etária dos 50-54 anos na distância de 4 km. Por uma posição não deu pódio. A Juciana conquistou a 3ª colocação da categoria.

A chuva voltou a cair mais forte e assim que ela deu uma trégua saímos, mesmo não tendo acabado toda a cerimônia de premiação. Fomos para uma padaria próxima tomar um bom café da manhã, pois a fome já estava apertando. Essa é a melhor parte depois de uma corrida logo cedo.

Percurso de aproximadamente 4km (3,69km)
Amigos presentes na Tcn Praias - Etapa Barra da Lagoa
Largada dos 4km 
No meio da trilha entre as folhas
(Foto: FIS - Foco Radical)
Chegando pela praia
Com a medalha. Parte da cou de todas as estapas 
Medalhcaias - Etapa Barra da Lagoa
Aguardando e assistindo a cerimônia de premiação
Depois um bom café da manha na padaria lá perto

Local: Praia Barra da Lagos
Data: 03/04/2022
Horário: 7h (7h18)
Distância: 4km (3,69km)

Inscrição: R$ 35,00 (sem kit)
Kit: Número de peito e chip retornável.

Tempo: 19min17
Pace: 5:13 min/km
Tênis: Olympikus Pride 2

Colocação: 04 de 007 (50-54 anos)
Colocação: 41 de 079 (masculino)
Colocação: 46 de 168 (geral)

domingo, 20 de março de 2022

06/03/2022 - Bodyaction Run Florianópolis

 Foto: Alexandre Santiago - Foco Radical
Bodyaction Run Florianópolis 2022

Resultados 5km e 10km

Fotos da Corrida FB (by Eduardo Hanada)

A Bodyaction Run Florianópolis estava prevista para acontecer em 2020 e prometia ser um grande evento, organizada pela Noblu Sports, a mesma que organiza as etapas da conhecida ASICS Golden Run (meias-maratonas). Porém, só agora, depois de passarmos pela fase crítica da pandemia que ela pôde ser realizada.

Eu tinha feito a inscrição há mais de dois anos e nem lembrava mais a distância que eu havia escolhido. Só descobri mesmo quando fui retirar o kit. Tinha me inscrito para os 10 km e a Aninha nos 5 km. Estas eram as distâncias disponíveis. Achei até bom, pois poderia testar como me sairia nessa distância, que não corri em provas em todo o ano passado.

A entrega do kit foi na loja da Cia da Saúde do bairro Estreito, em Florianópolis. Foi realizada na sexta-feira e no sábado que antecederam o evento. Retirei o meu kit, da Aninha e de alguns amigos ainda durante a sexta-feira. Como esperado, o kit foi generoso, com destaque para a linda camiseta, viseira, e os acessórios adicionais: galão de água e coqueteleira. Excelente, e a turma toda adorou. A retirada foi bem tranquila.

A largada estava prevista para o Trapiche da beira-mar norte, às 6 horas. Bem cedo é melhor para evitar o sol e o calor nessa época do ano. Eu e a Aninha chegamos às 5 horas para conseguir lugar para estacionar próximo. A estrutura já estava toda montada. E uma coisa chamou a atenção, o portal de largada e chegada estava localizado nas pistas do meio, e toda a estrutura no bolsão do Trapiche. As pistas para chegar no portal não foram fechadas para o trânsito de veículos.

Essa prova seria um bom teste pra ver o meu atual rendimento nos 10 km, que é a distância que eu  costumo rodar nos treinos. Antes da pandemia eu percorria essa distância abaixo de 50 min sem grandes dificuldades, mas no momento não consigo chegar nem perto disso. E olha que nem peguei COVID-19. Deve ser falta de treino mesmo. Mas esse seria o meu desafio.

A largada para as duas distâncias (5km e 10km) foram juntas. Uma boa parte dos atletas ainda manteve o uso das máscaras na concentração até o momento da partida. Saímos pela pista central da avenida beira-mar no sentido norte. Apesar de cedo já estava abafado.

Minha ideia inicial era correr próximo do pace de 5 min/km para fechar a prova perto dos 50min. Porém, só consegui mesmo no 1º km, ainda na empolgação da largada. Corri sem forçar tanto no início, mas mesmo assim logo já estava todo molhado de suor. Percebi que o dia não seria nada fácil.

O percurso dos 10 km foi todo pela beira-mar norte até a altura do Terminal de Integração da Trindade (TITRI), ida e volta. Quando da passagem pelo retorno fiz questão de conferir e o Garmin marcava exatos 5 km. O percurso estava aferido. Quanto aos atletas dos 5 km, incluindo a Aninha, fizeram o retorno antes, na altura dos 2,5 km. Percurso plano e e todo em asfalto.

Como estava quente demais fiz questão de pegar água em todos os postos de hidratação. Inicialmente até consegui manter o pace de 5 min/km baixo, e imaginei que poderia dar uma acelerada na parte final. Estava dentro da minha expectativa até o 6º km , mas logo depois do retorno a respiração foi complicando e transpirava cada vez mais. 

Tentei evitar ao máximo caminhar, mas a partir do 7º km não consegui e fiz umas paradinhas rápidas, principalmente nos pontos de hidratação. O plano inicial de um possível sub-50min já não tinha mais jeito. O desempenho na corrida estava bem próximo que nos treinos. Acredito que a alta umidade e o calor também influenciaram no resultado final.

Por conta dessas paradinhas os paces dos quilômetros finais foram todos acima dos 5:30 min/km, mas mesmo assim achei que não foram tão ruins. Com o extremo calor o corpo pedia uma desaceleração. Nunca suei tanto. E foi assim até a linha de chegada. 

Cruzei o portal com o tempo bruto de 52min37, mas o tempo líquido ficou em 52min30. Não foi fácil. Cheguei bem exausto e assim que parei demorei alguns minutos pra me recuperar. Alguns atletas chegaram bem debilitados por conta do excesso de calor. A minha hidratação foi com vários copos de água e de isotônicos. Perdi até a conta. Tinha que recuperar o liquido perdido no caminho. Logo em seguida retirei a medalha (igual para as duas distâncias) e uma camiseta de finisher.

A Aninha, que fez os 5 km, já estava por lá e fez o registro da minha chegada. Ela estava voltando para as corridas e concluiu os 5 km em 29min42, ficando na 6ª colocação da 47 atletas da sua categoria. Por lá não conseguimos ver o resultados na totalidade, só as chamadas na cerimônia da premiação.

A premiação foi para os cinco primeiros colocados gerais masculino e feminino nas duas distâncias, e teve uma medalha especial para os primeiros colocados por categoria de faixa etária. Como não tinha achado bom o meu desempenho eu nem imaginava que teria chance de alguma premiação. E realmente não me chamaram para o pódio da categoria 50-54 anos. Normal.

Passados dois dias, o amigo Lucena, me avisou que tinham corrigido a classificação da nossa categoria por faixa etária e com isso eu tinha ficado com a 1ª colocação, sendo o campeão da categoria 50-54 anos nos 10km. Fiquei surpreso com a notícia, pelo meu tempo relativamente alto, mas foi verdade e já tinham corrigido inclusive o resultado no site. Tentei contato com a organização para tentar receber a medalha, mas até o momento não tive resposta. De qualquer forma fiquei muito feliz com o resultado. Não é sempre que isso acontece.

Percurso de aproximadamente 10km 
Kit Body Action Run Florianópolis
Retirada do kit na loja Cia da Saúde do Estreito
Ainda no início é só alegria.
(Foto: Felipe Cruz - Foco Radical)
Reta final. Quase chegando
(Foto: CCA - Foco Radical)

Eu e a Aninha com as medalhas e as camisetas de Finisher
Com as medalhas no painel Bodyaction Run
Chegada. Tempo líquido: 52min30
Foto: (Ana Paula Marcon)
Medalha da Bodyaction Run Florianópolis
Campeão da categoria 50-54 anos
Certificado Bodyaction Run Florianópolis - Campeão da categoria

Local: Trapiche Beira-mar norte - Florianópolis/SC
Data: 06/03/2022
Horário: 6:00 (6h04)
Distância: 10km (10,01 km)

Inscrição: R$ 63,20 (cortesia)
Kit: Sacolinha, Camiseta, viseira, um galão de água 1,6l, uma coqueteleira 600 ml, uma barra de castanha 30g, dois carbogéis 30g, número de peito com chip descartável, e camiseta de finisher.

Tempo: 52min30
Pace: 5:15 min/km
Tênis: Saucony Kinvara 11

Colocação: 01 de 006 (50-54 anos)
Colocação: 42 de 101 (masculino)
Colocação: 53 de 145 (geral)

sábado, 5 de março de 2022

20/02/2022 - Santander Track & Field Run Series Villa Romana

Foto: Alexandre Santiago (Foco Radical) 

Santander Track & Field Run Series Villa Romana

Fotos da Corrida FB (by Eduardo Hanada)

Depois de dois anos sem provas da Track &Field Run Series em Santa Catarina, tivemos a edição da Etapa Shopping Villa Romana (antigo Shopping Iguatemi). É uma das minhas provas preferidas principalmente pela qualidade do kit, estrutura disponível, percurso plano e em asfalto. 

É um evento que tem preço em conta e uma ótima qualidade de serviços e estrutura, que ficam a disposição dos atletas. Para clientes Santander tem um desconto de 25% para até duas pessoas. Aproveitei para fazer a minha inscrição e da Aninha, além de usar um cupom de desconto de 10% da amiga Karla (@runninginfloripa). O valor da inscrição individual ficou em R$ 63,20.

As distâncias da prova são de 5 km e 10 km (em 2 voltas). O percurso é igual à da antiga T&F Run Series Shopping Iguatemi, sendo uma grande reta de ida e de volta. Bem plana e em asfalto. Boas condições para quem busca fazer RP (recorde pessoal) nessas duas distâncias. Eu costumava correr os 10 km nessa prova, mas como pensei que fosse outro percurso pela mudança do nome do shopping acabei me inscrevendo para os 5 km.

A entrega do kit foi na loja da Track & Field do Shopping Villa Romana. Quando fui retirar o meu kit e da Aninha, na quinta-feira ainda, descobri que era o antigo Shopping Iguatemi. Acredito que só foi a mudança do nome mesmo. A retirada foi tranquila. Kit com a tradicional camiseta padrão Track&Field que eu gosto muito e alguns outros brindes. Os atletas também tinha um desconto de 15% para compras na loja.

A estrutura para receber os atletas é a melhor de todas. Podemos utilizar o estacionamento do shopping gratuitamente para guardar o carro (até as 10 horas), utilizar os sanitários do shopping, além dos serviços de massagem pela Elementos Massoterapia, e várias tendas de distribuição de brindes e serviços na área externa.

Como não tem mais horário de verão a largada foi marcada para as 6 horas do domingo, bem cedinho. O  bom é que evitamos um pouco o calor intenso e o sol forte dos últimos dias. Melhor para correr e sofrer menos suando. Minha expectativa para a prova era tentar um sub-25 min ,porque ultimamente não estava mais conseguindo correr constante abaixo de 5 min/km.  

No dia da prova a Aninha, ainda em final de quarentena por causa da COVID-19, optou por não participar. Acabei indo com o Enio do @porfalaremcorrer. Tivemos que madrugar para chegar perto das 5h10 no local da prova. O estacionamento já estava aberto a partir das 4h30. Outra mudança que o chip não é mais aquele retornável, que tínhamos que devolver no final. Foi utilizado o chip descartável.

A largada aconteceu simultaneamente para os atletas dos 5 km e 10 km, às 6 horas. A quantidade de atletas ainda não foi como nas últimas edições de antes da pandemia, mas já contava com uma boa presença. A orientação era ficar de máscara na concentração e depois retirar após a largada. E foi o que fiz. Larguei e na primeira curva já guardei a minha máscara.

A minha intenção era não fazer uma saída forte pra não morrer nos últimos quilômetros, mas quando vi estava completando o meu 1º km com pace de 4:29 min/km. Fiquei contente em ver a parcial, mas preocupado por ter ido mais forte que deveria. Não tem muito jeito quando saímos juntos de vários outros atletas e ficamos naquela empolgação inicial.

O 2º km, já mais disperso, não rendeu tanto com o pace subindo para mais de 4:40 min/km. Não queria forçar pra não quebrar no final, mas também queria tentar manter próximo do ritmo inicial. Complicado administrar isso. Geralmente acabo optando por manter o ritmo mais intenso até onde conseguir.

O percurso é uma reta só de ida e volta pela av. beira mar norte até a altura do prédio do Ministério Público Federal, sendo que para a distância de 10 km são duas voltas. A distância da largada até o ponto de retorno foi de 2,5 quilômetros exatos, o que garantiria a distância correta dos 5 km na chegada.

Um pouco depois do retorno o meu gás foi acabando e como acontece sempre nas minhas corridas de 5 km fui reduzindo o ritmo por conta da respiração ofegante, que já estava no limite. O 3º km ainda ficou no pace de 4:45 min/km. Logo apareceu um posto de hidratação e o curioso foi a distribuição de água em latinhas (tipo as de refrigerantes). Nunca tinha visto. O pessoal do staff já abriam as latinhas para facilitar para os atletas que passavam. Em corridas de 5 km eu nem me hidrato durante a prova e só no final que fui ver essa novidade. 

Meus dois últimos quilômetros (4º e 5º km) foram bem sofridos. A vontade de caminhar foi imensa, mas ao mesmo tempo não queria perder os segundos que poderiam ser importantes para o sub-25min. O Enio, que estava fazendo os 10 km e ainda teria outra volta, passou por mim facilmente. Até tentei acompanhá-lo, mas não deu mesmo.

Não via a hora de chegar, mas quanto mais exausto, mais parecia que estava distante. O jeito foi não pensar que estava chegando. No último quilômetro percebi que o meu objetivo principal daria, mas aí fui  brigar pelo sub-24min. Me esforcei pra não diminuir muito o ritmo, que já estava quase nos 5 min/km.

Na chegada, cruzei o portal com pouco mais de 24 min. Ainda teria uns descontos por conta do tempo efetivo líquido. Ficou para conferir depois, no resultado final da prova. Chegando, bebi duas latinhas de água e uma caixinha de água de côco pra me hidratar bem, pois já estava bem quente. Retirei a medalha, recebi uma máscara nova, e fiquei aguardando os amigos chegarem e dando uma olhada nos serviços oferecidos no pós prova.

O pós-prova da T&F Run Series é excelente, com serviço de massagem, distribuição de café 3 corações quentinho, cappucino gelado, distribuição de cerveja Michelobi Ultra, água, frutas, e serviço de impressão de fotos, além de ter vários painéis para registros, inclusive com o nome dos atletas inscritos. Garanti o estoque de cerveja e cappucino da semana. Bom lembrar de levar um saquinho ou mochila para as guloseimas pós-prova.

A premiação na Track & Field Run Series é somente para a geral das distâncias no feminino e no masculino. O amigo Jabson subiu ao pódio, conquistando a 3ª colocação geral nos 10 km. Mais uma vez mandou super bem. Eu nem sabia, mas apesar do meu tempo líquido de 24 minutos ter sido alto, fiquei na 1ª colocação de minha nova categoria (50-54 anos). Legal.

Depois da chegada de todos os amigos e aquela confraternização pós-prova fomos tomar um bom café da manhã no Angeloni ao lado. Fomos eu, Enio, Renato, Jany, Juciana e Jabson. Pena que a Aninha não pode ir, mas o lugar estava reservado.

Percurso de aproximadamente 2,5 km (2 voltas)
Kit da Santander Track & Field Run Series Villa Romana
Retirada do kit na loja do Track & Field no Shopping Villa Romana
Eu e o Enio (@porfalaremcorrer) chegando. Ainda escuro.
Em frente a entrada do Shopping Villa Romana
Já retornando. Lá vem a galera atrás.
Foto: (PVV - Foco Radical)
Chegada. Tempo líquido: 24 min
Foto: (CRI - Foco Radical)
Painel com nome dos inscritos
Alguns amigos presentes na Track & Field Run Series Villa Romana
Medalha da Track & Field Run Villa Romana
Certificado Santander Track & Field Run Villa Romana - Campeão da categoria

Local: Shopping Villa Romana - Florianópolis/SC
Data: 20/02/2022
Horário: 6:00 (6h02)
Distância: 5 km (5,02 km)

Inscrição: R$ 63,20 (com cartão Santander com desconto de 25%)
Kit: Sacolinha, Camiseta, um copo, uma garrafinha de cappucino, um brownie Belive sem açucar (40g), número de peito com chip descartável.

Tempo: 24 min
Pace: 4:46 min/Km
Tênis: Saucony Kinvara 11

Colocação: 01 de 019 (50-54 anos)
Colocação: 64 de 261 (masculino)
Colocação: 73 de 563 (geral)

sábado, 19 de fevereiro de 2022

05/02/2022 - Night Run Costão do Santinho - Arraial

Foto: Alexandre Carvalho - Foco Radical

Night Run Costão do Santinho 2022 - FLN/SC

Nesta 11ª edição da Night Run Costão do Santinho completei a minha 10ª participação nessa prova, que também iniciou o meu calendário de corridas 2022. Foi com muita satisfação e alegria que registrei mais essa marca de 10 corridas numa mesma prova ao longo dos últimos anos. 

Sou muito grato a organização, em especial aos amigos Eduardo Marcondes e Said Ali, por poder fazer parte da equipe de influenciadores e divulgadores dessa prova, que é uma verdadeira festa, com muita alegria, energia e uma boa dose de desafio. Este ano foi tudo perfeito, quase voltando a normalidade de antes da pandemia. Alguns procedimentos para melhor segurança dos atletas quanto a transmissão da COVID-10 foram mantidos, mas não precisou ser tão rígido com o da última edição ocorrida no final do ano passado.

A entrega dos kits foi realizada na Loja Decathlon, na SC-401, na sexta-feira e no sábado (dia da prova) até as 14 horas. Como eu estava na correria durante a semana, eu e a Aninha só pudemos ir no sábado pela manhã. Logo que abriu teve um pequena fila, mas foi bem rápido. A novidade no kit, que tinha o tema de Arraial foram os manguitos, que acompanharam a camiseta e a viseira. Para a retirada dos kits, além da apresentação do documento foi necessário o comprovante de vacinação contra a COVID.

Repetindo a última edição, as distâncias do percurso foram de 6 km e 10 km. Nessa prova eu costumo fazer a distância mais curta. Isso tem um motivo, quanto mais rápido chegar, mais tempo tenho para aproveitar o pós-prova, que é uma das principais atrações, com muitas guloseimas, música e painéis para fazer aquelas fotos.

O horário da largada mudou para as 21 horas e foi único para as duas distâncias. É melhor porque a praia já fica livre e facilita a vida dos atletas, principalmente em relação ao estacionamento. Por lá tem uma ampla avenida por onde é possível estacionar, mas que acaba lotando também. Umas das alternativas para quem chega mais em cima do horário é deixar o carro em um dos estacionamentos que cobravam R$ 20. 

Eu cheguei no Costão do Santinho por volta das 19h45 (sai daqui do continente às 19 horas) e já tive que deixar o carro no final dessa avenida, pois estava quase lotado. A Aninha não pôde ir no dia e acabei indo sozinho para a corrida. 

Como esse percurso de 6 km mudou na última edição, tinha como objetivo melhorar o tempo do final do ano passado, que foi de 33min04s. Apesar de não estar treinando tanto nesse início de ano achava que seria possível, principalmente pelas condições climáticas estarem favoráveis, sem aquela tradicional chuva, e o percurso mais seco.

A arena do evento já estava nos padrões de antes da pandemia, bem ampla, com várias atrações e liberado também para as tendas de assessorias esportivas, que compareceram em peso. Foi muito legal poder reencontrar os amigos. Alguns que não via desde antes da pandemia, alguns que estavam retornando as provas esse ano, alguns estreando, e outros abrindo a temporada do ano. Espero que não tenhamos recaída das restrições provocadas pela pandemia. Neste momento o número de infectados ativos e de mortes pela COVID-19 estava em crescimento, principalmente pela variante ômicron ser mais contagiosa, apesar de ser mais leve.

Minutos antes da largada foi feito um aquecimento geral, puxado pelo embaixador do evento Yann Rodrigues, o homem da "frase e da cantada do dia". A grande maioria dos atletas ainda usava máscara na concentração. Às 21h, sob uma linda queima de fogos, foi dada a largada para todos os atletas dos 6 km e dos 10 km. Partimos inicialmente pela areia mais fofa e logo fui buscar a areia mais dura, bem melhor para correr.

Tão logo fomos nos dispersando, retirei e guardei a minha máscara. Também levava na mão uma headlamp. Acho importante, pois em alguns pontos pelas trilhas e no trecho de volta da praia fica muito escuro. Essa primeira parte é mais tranquila. Um longo trecho de 1,6 km de areia mais firme. O 1º km foi o único que consegui fazer com o pace abaixo de 5 min/km.

Saindo da praia pegamos novamente a areia mais fofa para entrar nas trilhas das dunas. É a parte que normalmente eu sofro mais, pois exige mais força nas pernas. Estou acostumado a treinar no asfalto e em piso mais regular. Alguns trechos com chão batido facilitavam, mas por serem irregulares e a iluminação ser baixa muitas vezes dava até uma tropeçada.

Com 3 km percorridos chegamos na Praia do Ingleses, onde corremos por cerca de 200 metros e retornamos. Os atletas dos 10 km foram pelo lado esquerdo na Praia dos Ingleses. Eles percorrem um trecho maior e depois também retornam. Os meus paces no 2º e 3º km aumentaram, mas ainda estavam pouco acima dos 5 min/km.

A dificuldade maior foi na volta, com as pernas bem mais pesadas e a respiração mais ofegante. O ritmo foi caindo e a vontade de caminhar foi grande. Em alguns trechos com a areia mais fofa  não teve jeito. A volta teve quase o mesmo percurso da ida (ao contrário). Com isso passávamos por vários atletas e amigos.  

Nesse trecho mais interno (fora das praias), em alguns pontos com o chão mais firme, até dava pra arriscar correr mais forte, mas foi necessário muito cuidado com as irregularidades e o desnível para não tropeçar ou dar passo em falso. Eu particularmente me desequilibrei algumas vezes e quase caí, mas deu tudo certo.

Cheguei novamente na praia do Santinho muito cansado e a respiração no limite por causa do esforço nas areias mais fofas. Só faltava percorrer esses pouco mais de 1 km pela praia novamente. Mesmo estando mais livre para correr não consegui me recuperar e nem melhorar o pace, que acabou ficando por volta de 5:45 min/km. 

A chegada é bem animada e o público incentiva muito os atletas, principalmente na parte final onde a areia novamente é mais fofa. Dessa vez até arrisquei um sprint pra ganhar alguns segundos. Cruzei a linha de chegada com o tempo de 33min25 líquidos. Cheguei muito exausto e tive que parar por um tempo para me recuperar e me hidratar com bastante água.

Em seguida fui retirar a linda medalha em formato de balão, recebi uma máscara e uma cartela de tickets para trocar pelas guloseimas pós-prova. Essa é a parte gostosa da prova. Teve sacolinha com banana. barrinha SUPINO, paçoquita, garrafinha de suco de laranja Suq, cerveja Michelob Ultra e energético Nitrix.

Fazer a prova na distância mais curta e chegar mais cedo tem as suas vantagens para aproveitar as guloseimas, fazer uma boa massagem com a Elementos Massoterapia e aproveitar para reencontrar os amigos e colocar a conversa em dia. Depois ainda teve apresentação da banda Erva Rasteira que entreteve os atletas e o público ao som de forró. Finalmente teve a cerimônia de premiação, sendo que o embaixador da prova, Yann Rodrigues foi o campeão dos 6 km.  

Não consegui melhorar o meu tempo da edição passada por alguns segundos. Tenho certeza que foi por causa da volta que foi muito mais cansativa para mim. Mas tudo bem. Não foi dos piores e no ano que vem tem mais. Espero estar melhor preparado.

Fiquei muito feliz pelo evento ter voltado com tudo, como antes da pandemia. É uma prova que inicia o ano de muitos atletas e com um astral muito alto e divertido. São Pedro também colaborou e não mandou água. De chuva mesmo só teve a de fogos, iluminando o céu do Costão do Santinho. Mais uma vez a organização do evento deu um show e proporcionou uma grande noite para os corredores e amantes do esporte, com muita animação. Sou muito fá dessa prova e agora já são 10 edições completadas. Ano que vem tem mais !!!

Percurso da prova (6,12 km) - 2022
Kit da Night Run Costão do Santinho 2022
Retirada do kit com a Aninha na loja Decathlon da SC-401
Sofrendo nas areias fofas
(Foto: EKG - Foco Radical)
Sprint na chegada
(Foto: FCP - Foco Radical)
Alguns amigos que marcaram presença
Medalha na mão
Na área VIP logo após a chegada.
Alguns amigos do time de influenciadores digitais
Massagem pós-prova sempre é bom, com Elementos Massoterapia.
Medalha em formato de balão Night Run Costão do Santinho 2022
Certificado da Night Run Costão do Santinho 2022

Local: Praia Costão do Santinho - FLN//SC
Data: 05/02/2022
Horário: 21:00 hs (21:03 hs)
Distância: 6 km (6,12 km)

Inscrição: R$ 86,31 (lote inicial)
Kit: Sacolinha plástica, regata, viseira, manguito, pacote de cookies integral Vitao (80g), chip descartável e número de peito.

Tempo: 33min25s
Pace: 5:27 min/km
Tênis: Olympikus Pride 2

2022
6 km
Colocação: 009 de 042 (50-54 anos)
Colocação: 072 de 372 (masculino)
Colocação: 086 de 801 (geral)

10 km
Feminino - 162 atletas
Masculino - 284 atletas
Total: 446 concluintes